3 razões para você fazer o seguro da sua casa HOJE

Muitas pessoas não sabem ao certo para que serve o seguro residencial e quais benefícios ele pode oferecer. Em outros casos, associam ao valor de um seguro de automóvel e tem uma falsa ideia que o preço do residencial é elevado. Na verdade, geralmente, o valor de um seguro residencial é bem inferior ao de um carro. Para desmitificar este tema, vamos esclarecer tudo sobre este serviço, mostrando como funciona, as vantagens, as principais coberturas etc.

Por que contratar o seguro residencial?

O seguro residencial conquista, a cada dia, mais mercado, principalmente pelos  serviços agregados oferecidos, que o tornaram mais atrativo. Ele também é importante e fundamental para proteger os bens e os imóveis dos clientes.

De acordo com o plano, o segurado tem garantia de indenização em caso de incêndio, roubo, danos elétricos e outras coberturas, além dos serviços que facilitam bastante no nosso dia a dia. A Assistência 24h é um deles.

Que imóveis o seguro residencial cobre? E quais não?

  • O seguro residencial aceita tanto casas quanto apartamentos, residências próprias ou alugadas, de campo ou veraneio etc.
  • Não são aceitos locais utilizados para fins exclusivamente comerciais. Esta regra não inclui um pequeno escritório dentro de sua residência, por exemplo. Nesse caso é possível dar cobertura para este local, de acordo com as regras de cada seguradora.
  • Imóveis que são utilizados por empresas ou profissionais autônomos para atender clientes ou outros fins comerciais devem fazer um seguro empresarial e não residencial, pois a atividade comercial invalida as garantias e as coberturas do serviço.

O que eu protejo com o seguro da minha casa?

Todo seguro residencial possui uma cobertura básica, que supre os prejuízos provocados por incêndio, queda de raio e explosão. Ao pedir uma cotação, você pode escolher somente esta cobertura básica ou optar por proteções adicionais.

Logicamente, a cobertura básica é a mais barata, principalmente se consider os  riscos do imóvel. Porém dependendo da região, esta opção pode ou não ser suficiente para proteger o imóvel. Cabe ao corretor a obrigação de informar e escolher as melhores alternativas para cada cliente. Existem diversos serviços adicionais que também podem ser contratados, visando complementar o seguro e proteger o imóvel contra outros riscos.

Quais as principais coberturas específicas do seguro residencial?

Uma casa está sujeita a diversos riscos e, para cada um, existe uma cobertura específica. É o caso do pagamento do aluguel, para o proprietário ou para o inquilino, no caso de incêndio. Cada seguradora oferece planos com características diferenciadas, que vão da variedade de coberturas até a exclusão de riscos.

Vale lembrar que, atualmente, os condomínios residenciais possuem seguro, mas ele é específico para eventualidades que aconteçam nas áreas comuns, como garagens, pátios e espaços de lazer. Este tipo de produto não cobre especificamente o seu apartamento ou casa nem os bens que estão dentro, mesmo em caso de invasão.

Conheça um pouco sobre as coberturas do seguro residencial:

Cobertura Básica

  • Incêndio, raio e explosão – cobre as perdas ou danos causados por incêndio, queda de raio (no terreno segurado) e explosão de qualquer natureza;

Coberturas Adicionais

  • Roubo ou furto – cobre o roubo ou furto de bens, além dos respectivos danos causados a portas, janelas e outras partes do imóvel;
  • Danos Elétricos – cobre os danos causados a fios e aparelhos pelo calor gerado por acidente elétrico, inclusive raios fora da residência segurada;
  • Assistência Residencial 24h – serviço de manutenção e de emergência como chaveiro, encanador, eletricista, desentupidor e mais;
  • Responsabilidade Civil – cobre danos involuntários, materiais ou corporais, causados a terceiros. Abrange familiares, animais e empregados registrados;
  • Danos a vidros – cobre a quebra de vidros internos e externos, espelhos e box, desde que instalados de forma fixa no interior da residência;
  • Vendaval, granizo e tornado – garante a indenização das perdas ou danos causados ao imóvel, diante destes e outros incidentes como furacão e tornado;
  • Impacto de auto ou avião – indenização das perdas ou danos materiais causados pelo impacto involuntário de veículos ou queda de aeronave na residência.

Conclusão

Um seguro residencial pode ser extremamente vantajoso, principalmente se você valoriza e cuida do seu patrimônio. Procure um corretor de seguros e faça uma cotação adequada às suas necessidades e aos seus interesses. Você irá se surpreender com o preço e as facilidades deste seguro. Sem preocupações, você terá mais tempo para se preocupar com o que realmente importa e aproveitar seu lar.

Para maiores informações sobre diversos tipos de seguros, visite o site da SUSEP, o órgão regulamentador de seguros privados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *