Vai trocar de carro? Saiba se precisa fazer um seguro novo ou um endosso

Para você que já possui um seguro para o seu carro, mas está pensando em trocar de veículo, fique tranquilo: não é necessário cancelar o seu contrato e fazer outro. Você pode fazer uma alteração da sua apólice atual e continuar com o mesmo seguro. Este tipo de mudança é chamada de endosso, e neste post vamos explicar um pouco mais o que é e como solicitá-lo.

O que é um endosso?

Um endosso é toda e qualquer alteração feita na sua apólice de seguro vigente. Podendo alterar o objeto segurado ou  informações prestadas durante a contratação do serviço. É o que acontece caso você já possua uma apólice de um seguro de carro, por exemplo, e por algum motivo quer fazer uma alteração.

Para fazer as mudanças no seu contrato, será necessário solicitar um ENDOSSO. Esta prática não se restringe apenas para trocar de veículo. É possível fazer um endosso para mudança de endereço de pernoite, ou o seu CEP de circulação, caso mude a área em que você circula habitualmente. É possível, também, alterar o condutor do veículo segurado, se outra pessoa passar a dirigir habitualmente o carro. Tudo isso na mesma apólice de seguro, sem a necessidade de cancelamento ou de uma nova contratação.

Como é feito um endosso?

Para solicitar o endosso, primeiramente é necessário entrar em contato com o corretor com quem você realizou a contratação do seu seguro. Somente ele, juntamente com a seguradora contratada, pode realizar alterações na sua apólice.

Como explicamos no post “Seguro de carro: por onde começar?”, as seguradoras, para calcularem os valores dos seguros, levam em consideração não só as informações do veículo. Além disso também analisam o condutor e o perfil de uso do carro. Em função disso, toda e qualquer alteração (endosso) feita na apólice, leva a recalcular o valor do seguro, com as novas informações.

O seu corretor irá, juntamente com a companhia, realizar uma cotação de endosso. Em seguida, irá calcular novamente cada item do seu contrato e, então, você saberá se houve alteração no preço. O valor do seguro não irá, necessariamente, aumentar com um endosso. Há casos que, em função das novas informações, a seguradora entende que o risco ao veículo segurado diminuiu e, dessa forma, o valor final do seguro cairá. Mas, se houver um aumento na tarifa, esta diferença residual deverá ser quitada pelo usuário para que as alterações oficializadas no endosso comecem a valer.

Vale lembrar que, caso o veículo que irá substituir o anterior seja 0 km, há uma particularidade. É necessário que seja encaminhada para o seu corretor, juntamente com a solicitação do endosso, a nota fiscal do veículo carimbada pela concessionária com a data de saída do carro.

Conclusão

A alteração de um seguro é simples e viável. O endosso é o instrumento utilizado pelas empresas para realizar estas mudanças nos contratos. Ele vale para qualquer tipo de apólice, não apenas para seguros de veículos, como exemplificamos acima. Converse com o seu corretor sobre as possibilidades de inclusão, alteração e exclusão de informações do seu contrato, através desta ferramenta. Uma das maiores vantagens deste tipo de ação é evitar a perda de benefícios que são concedidos a cada renovação. Com o endosso, o seu tempo de contrato não é atingido. Saiba mais sobre seguros no nosso site, clicando aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *